Exames Laboratoriais

Bioquímica Clínica

Soro

Colher por punção venosa no mínimo 3 ml de sangue. Retirar a agulha e transferir o material para o frasco, deixando-o escorrer pela parede. Após a coleta concluída, deixar o tubo em pé por 30 minutos em temperatura ambiente e depois manter a amostra refrigerada (2 C a 8 C).

Preparo do animal: Jejum alimentar de 8h

Fluoreto

Colher por punção venosa de 1,5 ml a 3 ml de sangue. Retirar a agulha e transferir o material para o frasco, deixando-o escorrer pela parede.
Tampar e homogeneizar por no mínimo 30 segundos.
Observar a amostra para que não tenha coágulos.
Manter a amostra refrigerada (2º C a 8º C).

Preparo do animal: (somente para Glicose): Jejum alimentar de 12h

Hematologia

Sangue com E.D.T.A

Colher por punção venosa de 1,5 ml a 3 ml de sangue. Retirar a agulha e transferir o material para o frasco, deixando-o escorrer pela parede.
Tampar e homogeneizar POR INVERSÃO por no mínimo 30 segundos.
Observar a amostra para que não tenha coágulos e mantê-la refrigerada (2° a 8°C).

Preparo do animal: Jejum alimentar de 8h

Extensões de Sangue

Colher por punção venosa e colocar uma gota de sangue sobre a extremidade de uma lâmina para microscopia. Encostar a extremidade da outra lâmina em ângulo de 45º e realizar o esfregaço em um movimento suave e continuo. Aguardar alguns minutos para a secagem e encaminhar para o laboratório acondicionado em um porta-lâminas.

Preparo do animal: Jejum alimentar de 8h

Citopatologia

Histopatológico

Manter o material conservado em formol a 10%.
O valor do formol deve ser aproximadamente 10 vezes o volume da amostra.

Citologia Aspirativa

Fixar entre os dedos o tecido ou nódulo a ser analisado.
Puncioná-lo com agulha e realizar movimentos em várias direções.
Colocar o conteúdo da agulha em lâmina para microscopia e realizar no mínimo três extensões.
Secar em temperatura ambiente.

Derrames Cavitários

Coletar em seringa estéril e manter refrigerado (2º C a 8º C).
Encaminhar a amostra em até 12 horas.

Hormônios / Imunologia

Soro

Colher por punção venosa no mínimo 3 ml de sangue. Retirar a agulha e transferir o material para o frasco, deixando-o escorrer pela parede. Após a coleta concluída, deixar o tubo em pé por 30 minutos em temperatura ambiente e depois manter a amostra refrigerada (2 C a 8 C).

Preparo do animal: Jejum alimentar de 8h

Microbiologia

Cultura Bacteriana

Colher o material diretamente da lesão.
Observação: para cultura de ouvido, atribuir o material sobre uma lâmina para microscopia para a pesquisa de Malassezia pachydermantis.

Preparo do animal: Evitar banhos e uso de medicamento por no mínimo de 7 dias antes da coleta.

Micológico Direto e Cultura para Fungos

Raspar escamas de pele e pêlos na borda da lesão.
Colocar o material entre duas lâminas para microscopia ou coletor universal.

Preparo do animal: Evitar banhos e uso de medicamento por no mínimo de 7 dias antes da coleta.

Parasitologia

Fezes

Para a realização de parasitológico de fezes:
Colher amostras de fezes frescas, não expostas ao sol.
Manter a amostra refrigerada por até 8 horas (2º C a 8º C).
As amostras de consistência liquida podem ser coletadas diretamente do piso com o auxílio de uma seringa.

Pesquisa de Ectoparasitas

Utilizando uma lâmina de bisturi, realizar raspagem profunda das lesões até que haja discreto sangramento.
Colocar o material entre duas lâminas para microscopia.
Manter em temperatura ambiente.

Preparo do animal: Evitar banhos por um período de 7 a 10 dias.

Urinálise

Urina

Colher a amostra por sondagem uretral, micção espontânea ou cistocentese, realizando previamente a assepsia da região. Quando a coleta for por micção espontânea, se possível, desprezar os primeiros jatos de urina.
Volume de amostra: entre 2.0 e 10ml.
Manter a amostra refrigerada.

Cálculos Urinários

Manter o material em temperatura ambiente.

Encaminhar os cálculos em coletor universal sem adição de líquidos.

Testes de Coagulação (TP e TTPA)

Tempo de protrombina ( TP ) e Tempo de tromboplastina parcial ativada (TTPA)

A hemostasia é um processo fisiológico que tem como objetivos a manutenção da integridade e do fluxo vascular, e o controle da hemorragia e da trombose.

O tempo de protrombina (TP) e o tempo de tromboplastina parcial ativada (TTPA) são utilizados para avaliar a atividade geral da coagulação.

Realizados em equipamento automatizado, garante maior segurança e precisão nos resultados, necessitando que a coleta seja realizado no laboratório.

Agendar Exames